Almanaque do Erro

As primeiras sessões do projeto “À Sombra das Palavras” foram desenvolvidas em torno da temática do erro. Errar é humano, diziam os antigos, e esta é uma premissa de valor.

Porém aqui entendemos evidenciar a potencialidade do erro, porque, de facto, é através dele que o conhecimento intrínseco e extrínseco se produz no ser humano. A Ciência resulta do erro, pois qualquer teoria, embora construída com base no saber existente, tende a ultrapassá-lo, colocando em causa os seus pressupostos (sublinhando, assim, os seus erros).

A atriz Adriana Campos concebeu um Almanaque do Erro que contém duas partes: uma, em branco, para que cada aluno experimente atividades práticas e outra, com os excertos de textos selecionados, para reflexão. 

 

Nunca cometo o mesmo erro

duas vezes

já cometo duas três

quatro cinco seis

até esse erro aprender

que só o erro tem vez

 Paulo Leminski 

 

Tendo como objetivo a desconstrução do erro, partimos do livro Caos - Manual de Acidentes e Erros, deKeri Smith, uma excelente proposta para adultos criativos, que não têm medo de desafiar e dar asas à imaginação e deixar fluir a energia criativa que existe dentro de cada um.

As estratégias, individuais e coletivas, incluiram as seguintes:

1. Escrever o próprio nome de várias maneiras;

2. Desenhar o colega do lado, com regras que farão o desenho ficar horrível;

3. Rasgar esse desenho (como se perdesse o amigo) e escondê-lo, para depois voltar a ser encontrado;

4. Reproduzir "bocas" desenhadas de muitas maneiras, inspirado num designer;

5. Dar uma dentada no Almanaque;

6. Escrever erro de mil maneiras;

7. Fazer um cartaz para divulgar o erro.

8. Fazer uma lista de erros que podemos propor a outros.

Teremos enlouquecido?

Foi uma delícia!

Visitas: 223

rbe     logo pnl  jovem novologo    logo leiturasqueunem xxs  logobroterologo-ME

Copyright(c)2015 À Sombra das Palavras | by Nídia Mesquita